Professor de Educação Física usa a Tribuna em Sessão Ordinária

por Ouvidoria publicado 05/05/2020 12h25, última modificação 05/05/2020 12h26
Projeto para aprovação foi adiado para próxima Sessão

Na Sessão Ordinária dessa segunda-feira (04), o vereador Estéfano Silote requereu o uso da Tribuna Livre para o professor de Educação Física, Michel Barra, para expor projeto de lei estadual que torna essencial para a saúde pública a atividade de educação física nesse período de pandemia do Coronavírus. O professor usou a Tribuna e explicou o PL nº 269/2020 protocolado na Assembleia Legislativa do Espírito Santo.

O PL declara a essencialidade para a saúde pública os serviços de educação física, esportes e afins como forma de prevenir doenças físicas e mentais no âmbito do Estado do Espírito Santo.

O professor alertou para o número de profissionais da área que podem perder o emprego e o risco de aumento de doenças na população. “Se a situação não for revista, cerca de 5 mil pessoas relacionadas diretamente à área em Linhares podem ficar sem emprego, e são crescentes os casos de depressão”, disse.

Michel pediu apoio aos vereadores para a aprovação do projeto. Os vereadores foram sensíveis à fala do professor.

Projetos lidos

Poder Legislativo – Carlos Almeida – PL nº 1446/2020 – institui o Dia do Médico em Linhares.

Poder Legislativo – Carlos Almeida – Indicação nº 1483/2020 – para que, proceda, por meio da secretarial municipal de Cultura, Turismo e Esporte e Lazer, a implantação da “Escola Municipal de Música” no município de Linhares.

O vereador Amantino Paiva pediu o adiamento da discussão do veto do Executivo de nº 1328/2020 que veta totalmente, por inconstitucionalidade formal e por contrariedade ao interesse público, o Projeto de Lei Complementar enviado como autógrafo nº 004/2019, que altera as Leis Complementares nº 2.622/2016, 13/2012 e 14/2012.

Os vereadores aprovaram o pedido e a discussão e votação do veto ficaram para a próxima reunião.