Sessão ordinária da Câmara de Linhares volta a ser fechada ao público

por Ouvidoria publicado 23/06/2020 17h03, última modificação 23/06/2020 17h03
Medida foi tomada como forma de prevenção ao aumento do número de casos de coronavírus no município

A Câmara Municipal de Linhares voltou a fechar as sessões ordinárias para público. A decisão foi tomada nesta terça-feira (23) pelo presidente da Casa, o vereador Ricardo Bonomo (Republicanos). O Legislativo vai seguir com as audiências semanais, mas a galeria do plenário deve ser fechada por tempo indeterminado.

Em Linhares, segundo boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde nessa segunda-feira (22), eram 1.093 casos confirmados do novo coronavírus. 24 pessoas morreram por causa da doença na cidade e 43 pacientes seguem internados em hospitais da região.

De acordo com o presidente da Câmara, o número crescente de casos é o que motiva a nova medida. “Já são mais de 1.000 pessoas infectadas na cidade e isso é assustador. Por isso, a gente se vê na obrigação de adotar posturas de segurança mais rigorosas a cada dia. Peço desculpas à população, mas o momento volta a exigir essa ação”, avalia Bonomo.

O decreto foi assinado por Bonomo nesta terça-feira (23) já está em vigor. Além da suspender as sessões ao público, o texto veda a participação de funcionários e servidores em cursos e congressos, proíbe a contratação de serviços para eventos e a prorrogação de convênios que possam gerar despesas ao Legislativo.

Em março, com o aparecimento de casos de Covid-19, as sessões foram fechadas ao público pela primeira vez, mas foram reabertas no mês passado limitando o número de pessoas no plenário, para evitar aglomeração, e com o uso de máscara obrigatório.

Com o retorno da medida, o presidente da Casa lembra que as sessões ordinárias são transmitidas ao vivo pelas redes sociais do Legislativo e pela TV Sim, no canal 16.1.

Caso confirmado

O vice-presidente da Casa, o vereador Marcelo Pessoti (PPS), teve o teste positivo para Covid-19. O exame que confirmou a doença saiu na última sexta-feira (19). Por conta disso, ele não deve participar da sessão desta terça e a da próxima semana. Ele se recupera em isolamento domiciliar e é acompanhando pela Secretaria Municipal de Saúde.